Mercado Municipal “Nilzo Vanni”

Tempo de leitura < 1 minuto

Mercado Municipal “Nilzo Vanni”,
O Mercado de secos e molhados foi construído em 1914 na gestão do prefeito Cândido José de Oliveira, a arquitetura foi inspirada nos trabalhos europeus do século XIX. As principais características são os grandes arcos e os tijolos aparentes. Esse é o segundo mercado municipal da história de Tatuí o primeiro foi inaugurado em 1880, e era localizado na Rua 11 de Agosto com a Rua Lúcio Seabra, mas era considerado impróprio não oferecia o conforto necessário aos mercadores. Assim, foi construído o segundo mercado municipal em uma área melhor localizada e com as condições de edificações necessárias.
Tradicional na cidade o mercado oferece uma diversidade de produtos como vegetais, frutas, grãos, roupas, brinquedos e comidas prontas. É uma mistura de sabores, de cheiros e de produtos diferentes.
Localização: Rua 7 de Abril, Centro.
Visitação Gratuita. Segunda a Sexta das 6h às 18h, Sábado das 6h às 17h e Domingo das 6h às 12h.

Planetário de Tatuí

Tempo de leitura < 1 minuto

O planetário é Equipado com o projetor AsterDomus ASTER modelo IV com 8,0 metros de diâmetro e 6,20 metros de altura central. O projetor Aster IV foi o primeiro projetor planetário fabricado inteiramente no Brasil. Inaugurado em 22 de abril de 2000 e tem capacidade para 50 pessoas.

Localização: Rua Oracy Gomes, 665, Centro
Telefone: (15) 3251-1573  – Visitação com agendamento prévio

Estação Ferroviária

Tempo de leitura < 1 minuto

A Estação foi aberta em 1889 como ponta de linha do ramal. Em 31 de julho de 1950, a eletrificação do ramal foi inaugurada em seu primeiro trecho. Depois da supressão do trem de passageiros do ramal, em 1978, a estação perdeu suas funções. Com a ativação do trem Sorocaba-Apiaí, em 1997, ela voltou a funcionar. A estação ainda funciona, como estação intermodal da ALL, atual concessionária da linha.

HISTÓRICO DA LINHA: O ramal de Itararé começou a ser construído em 1888, partindo da estação de Boituva, mas somente em 1895 chegou a Itapetininga, com extensão de 65 km. Somente em 1905 as obras foram retomadas, e em abril de 1909, a estrada chegou finalmente a Itararé. Sempre crescendo em importância por causa de sua ligação com o sul, o ramal passou a sair da estação nova de Santo Antônio – hoje Iperó – em 1928, aproveitando as obras de retificação e duplicação da linha-tronco, diminuindo o trecho em 23 km. Em 1951, a linha foi eletrificada até Morro do Alto. Em 1960, até Itapetininga e não passou daí. Em 1978, o tráfego de passageiros no ramal foi extinto. Em 1973 foi construído, de Itapeva, um ramal para Apiaí, e desse, outro para Pinhalzinho, que encontrava a nova linha que vinha da região de Curitiba. O trecho a partir de Itapeva acabou desativado depois que o trecho paranaense até Jaguariaíva foi suprimido, nos anos 90. Entretanto, em 22/12/1997, o trem de passageiros, voltou a funcionar, desta vez entre Sorocaba e Apiaí. O trem, com algumas interrupções, funcionou até fevereiro de 2001. O trecho entre Itapeva e Itararé teve os trilhos arrancados em 2001.

Localização: Av. Dr. Salles Gomes com a Rua Chiquinha Rodrigues
Mais informações (15) 3259-4135 – Setor de Turismo.

Teatro Procópio Ferreira do Conservatório de Tatuí

Tempo de leitura < 1 minuto

O Teatro Procópio Ferreira (TPF) é um espaço cultural pertencente ao Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”, gerido pela Abaçaí Cultura e Arte. As dependências do TPF são utilizadas quase que exclusivamente para atender à demanda pedagógico-artística dos músicos e atores discentes e docentes da instituição, bem como para receber atrações musicais e teatrais para compor a programação cultural da escola.

O TPF construído em linhas modernas, arrojadas, dotado de todos os recursos cênicos que permitem a apresentação desde de pequenas peças até grandes óperas, seu anteprojeto é assinado por Nelson Marcondes do Amaral Filho e projeto arquitetônico desenvolvido por Otávio Guedes de Moraes. Atualmente o teatro conta com o Foyer Mario Covas, Bilheteria, plateia com capacidade para 429 pessoas e 04 lugares acessíveis, palco, coxias, e sete camarins.

Localização: Rua São Bento, 415 – Centro
Telefone: (15) 3205-8444
Consulte programação no site: Site Oficial do Conservatório de Tatuí

Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”

Tempo de leitura < 1 minuto

Criado por lei estadual em 13 de abril de 1951 e fundado em 11 de agosto de 1954, o Conservatório de Tatuí, como é conhecido nacionalmente – representa uma das mais sérias e bem sucedidas ações no setor cultural no Estado de São Paulo. Uma das mais respeitadas escolas de música da América Latina cumpre a missão de formar instrumentistas, cantores, atores e luthiers de prestígio internacional.

A instituição recebe estudantes de São Paulo, e outros Estados brasileiros e de países da América Latina. Ocasionalmente, o Conservatório de Tatuí também recebe alunos para aperfeiçoamento em música brasileira vindos da América do Norte, Europa e, até, Ásia.

O Conservatório de Tatuí conta ainda com conjuntos pedagógicos (formados exclusivamente por alunos) e pedagógico-artísticos (formados por alunos e professores). São orquestras, bandas, big bands, grupos de música de câmara e Cia de Teatro por meio dos quais os alunos têm assegurados a prática musical e teatral e o contato com profissionais da área de aprendizado. Além de ensino de alta qualidade. Por conta de sua importância no cenário internacional da música, o Conservatório contribuiu de forma essencial para que Tatuí, sua cidade sede, ganhasse o título de “Capital da Música”. O título foi dado ao município por meio da lei estadual 12.544, que oficializa Tatuí como a “Capital da Música do Estado de São Paulo”, em 30 de janeiro de 2007.

Localização: Rua São Bento, 415 – Centro
Telefone: (15) 3205-8444 – Visitação com agendamento prévio

Museu Histórico Paulo Setúbal

Tempo de leitura < 1 minuto

O Museu ocupa um imóvel histórico no centro de Tatuí. Construído em 1920, o prédio que abriga o museu é um dos principais pontos turísticos do município de 107 mil habitantes, conhecido como a “Capital da Música”. Mesmo antes de se tornar um espaço cultural, o prédio da praça Manoel Guedes já servia os tatuianos. Foi inicialmente projetado para abrigar uma cadeia e, posteriormente, sediou o fórum da cidade. Passou por várias reformas, mas seu projeto inicial foi sempre mantido. Em 1962, foi instituído como Casa de Cultura Paulo Setúbal, e a criação do Museu Histórico de Tatuí se deu em 1966. A gestão da instituição passou ser da Prefeitura de Tatuí por meio da Lei Municipal 4.345 de 30 de Abril de 2010.

A Expografia do Museu conta a formação da cidade, movimentos populacionais, primeiros habitantes, colonizadores e os conflitos gerados por eles, além de registrar a presença dos tropeiros na região e a história cultural e musical que levaram Tatuí ao título de capital da música. Uma sala dedicada exclusivamente a vida e obra do escritor e jornalista, imortalizado pela Academia Brasileira de Letras, Paulo Setúbal, o patrono do Museu Histórico, o gabinete de leitura “Nilzo Vanni” e auditório. Além de contar as participações de tatuianos em conflitos armados na Segunda Guerra Mundial e revolução de 1932 e as curiosidades do acervo do Museu.

Localização: Praça Manoel Guedes, 98, Centro
Contato: (15) 3251-4969 – Visitação Gratuita
Aberto de Terça a Domingo das 9h às 17h