Uma cidade que encanta ...

MUSEU “PAULO SETÚBAL” TEM TARDE DANÇANTE COM OFICINA DE FORRÓ PÉ DE SERRA E FORRÓ ELETRÔNICO

Uma tarde dançante com muito forró Pé de Serra e Eletrônico. Assim será o primeiro sábado do mês de dezembro (2/12), no Museu Histórico “Paulo Setúbal”, da Prefeitura de Tatuí. A partir das 15h, a professora de dança Aline Ferreira Costa dos Santos ministrará a oficina de forró “Percepção do Pé de Serra e Eletrônico”, contemplada pelo “3º Festival de Arte e Cultura de Tatuí”.

A proposta da Oficina é apresentar aos participantes a diferença entre os gêneros musicais Forró Pé de Serra e Forró Eletrônico (popularmente chamado de Piseiro). A aula é aberta para toda a população, em especial para adeptos da Dança de Salão e admiradores da cultura do Forró, para que possam aproveitar, de forma prazerosa, as músicas tocadas em bailes, festas comemorativas e shows, difundindo a cultura de forma mais consciente.

De acordo com a professora Aline, os participantes sairão com o conhecimento de algumas movimentações de base dos Forrós Pé de Serra e Eletrônico, podendo ser capaz de distinguir as diferenças de forma visual, auditiva e sensorial e, dessa forma, conduzir a dança de maneira prazerosa.

Os interessados podem se inscrever gratuitamente no link https://bit.ly/47BJahq. O Museu Histórico “Paulo Setúbal”, local da oficina, está situado na Praça Manoel Guedes, n° 98, Centro.

SOBRE A PROFESSORA

Aline Ferreira Costa dos Santos iniciou a sua carreira como professora em 2012. Dois anos depois (2014) concluiu sua graduação de Licenciatura e Bacharel em Educação Física. Em 2016, participou do primeiro Curso de Capacitação em Forró e de um Curso Preparatório para Competidores de Dança, ambos gerenciados pelo mestre Ivan Ribeiro. Nos anos seguintes, concluiu mais dois módulos do Curso de Capacitação em Forró para Professores. Sempre procurou se atualizar por meio de workshops e congressos de Dança, entre eles Danças Urbanas, Sertanejo, Zouk e Forró.

No ano de 2016, foi sócia-fundadora e professora do grupo “Forró do Bão”, junto com o professor Luís Fernando Silva Pinto, que estuda e desenvolve conteúdos coreográficos baseados nas diversas vertentes do Forró e das Danças Populares Nordestinas. Em 2018, participou como professora convidada de Forró do evento organizado pela Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo, “O Forró Patrimônio”, no Vale do Anhangabaú, em São Paulo.

Ministrou workshops de forma on-line, no “Forró para o Mundo Festival” (2020), “Imersão no Forró e Dancing Pass Week” (2021). Foi campeã na modalidade profissional de Forró Cênico, no campeonato “Troféu Forró para o Mundo”. Atuou no “2º Festival de Arte e Cultura de Tatuí”, como professora e proponente do Projeto “Xote ou Baião? Eis a Questão?”. Também foi convidada para auxiliar nos Projetos “Têm um Coco no Meu Forró”, “Frevando no Forró” e “Xote no Escuro!”, ambos do “3º Festival de Arte e Cultura de Tatuí”.