Uma cidade que encanta ...

MUSEU HISTÓRICO “PAULO SETÚBAL” RECEBE A EXPOSIÇÃO “ÂMAGO”, DE LILIANA REIS; ABERTURA É NO PRIMEIRO DIA DO MÊS DE MARÇO

Às 19h desta sexta-feira (1º de março), no Museu Histórico “Paulo Setúbal”, da Prefeitura de Tatuí, acontecerá a abertura da exposição “Âmago”, da artista plástica Liliana Reis. A exposição é gratuita ao público e ficará aberta para visitação até o dia 21 de abril, sempre de terça-feira a domingo, das 9h às 17h.

De acordo com a artista, “Âmago” significa a parte mais particular e íntima de um indivíduo; íntimo, essência, alma. “Não há melhor definição deste trabalho do que essa palavra, pois tratam-se de conteúdos internos, essenciais e íntimos que, de alguma forma, se externalizaram em cores, formas e contornos e se materializaram nessas produções”, completa Liliana.

Nesta exposição, a artista plástica evoluiu e aperfeiçoou suas técnicas, utilizando óleo sobre tela e acrílico sobre tela. Segundo ela, realizar este trabalho proporcionou percepções acerca de si, bem como da sua identidade artística e pessoal; além de poder ser uma oportunidade para que o observador também se sinta convidado a olhar para o seu interior e a sua natureza.

Em suas obras, Liliana retrata brasilidades e aspectos da existência humana em suas diversidades, culturas e modos de ser, utilizando cores vibrantes, muitos elementos da natureza, animais, pessoas e situações, a partir da sensibilidade de seu olhar.

O Museu Histórico “Paulo Setúbal”, local da exposição, está situado na Praça Manoel Guedes, n° 98, Centro.

SOBRE A ARTISTA

A tatuiana Liliana Rosa dos Reis é mãe, artista, artesã, psicóloga, funcionária pública da Rede Municipal de Ensino em Tatuí e pós-graduada em Arteterapia. No âmbito das Artes Visuais, realiza trabalhos com pintura em tela, papel e diversas texturas. No ano de 2023, percebeu um estilo próprio e marcante em suas artes, embora tenha tido contato com as artes e as pinturas desde a infância.

Realizou sua primeira exposição no Centro Cultural de Tatuí, em 2022, com o título de “Una”, recebendo visitantes de várias partes do Brasil. Foi contemplada no 2º e no 3º Festivais de Arte e Cultura de Tatuí, com os trabalhos “Arte na Rua – Devaneios” (2022) e “Minha Terra tem Arteira, onde gosto de andar” (2023).