Uma cidade que encanta ...

COSC PROMOVE OFICINA MUSICAL “BATE LATA” NO MUSEU HISTÓRICO “PAULO SETÚBAL”

Nesta sexta-feira (24/11), às 15h30, o Museu Histórico “Paulo Setúbal”, da Prefeitura de Tatuí, receberá a oficina musical “Bate Lata”, promovida pelo Espaço Cultural COSC – Centro de Orientação e Serviços à Comunidade. A oficina foi contemplada no “3º Festival de Arte e Cultura” e integra a programação cultural de novembro, especialmente dedicada ao Mês da Cultura Nacional e a “Semana da Música de Tatuí”.

A oficina musical derivou do Projeto “Bate Lata e Aquilombamento”, que teve início com as aulas da oficina “Vivência e Saberes”. Neste ano em que o COSC completa 60 anos de existência, a ideia foi expandir a ação para além dos muros da instituição.

Com isso, o intuito do Projeto é possibilitar que adolescentes e adultos se permitam olhar para si através da música e olhar o outro através da sociabilidade; é se aquilombar, ou seja, se reunir a partir da percussão executada com latas de vários tamanhos e cores, permitindo se alegrar com o ritmo, a dança, o canto e os abraços.

O Museu Histórico “Paulo Setúbal”, local da oficina, está situado na Praça Manoel Guedes, n° 98, Centro.

SOBRE O COSC

A Organização da Sociedade Civil (OSC) foi criada em 7 de dezembro de 1963, a princípio denominada Conselho Social da Comunidade de Tatuí. Ela foi idealizada por um grupo de pessoas sensíveis às causas e problemas sociais do município, que sentiram a necessidade de se criar um órgão de Assistência Social, visando contribuir com o atendimento das demandas sociais da cidade. Juntando esforços, o grupo criou o embrião do que seria o COSC hoje.

No início, e por muitos anos, funcionaram como um conselho que prestava assistência às outras Associações, arrecadando mantimentos, roupas, móveis etc, que posteriormente eram doados às pessoas atendidas. Ofereciam, ainda, outros serviços que contribuíram para o bem comum do município.

Com o passar do tempo, tendo em vista a estruturação da Assistência Social enquanto Política Pública (Lei Orgânica da Assistência Social – Lei nº 8.742/93), organizada por níveis de complexidade (Resolução CNAS n° 109/2009), a OSC passou a desenvolver serviços de convivência e fortalecimento de vínculos, além de projetos socioculturais, culturais e esportivos.

A partir do ano de 2004, o trabalho foi direcionado ao atendimento específico de crianças, adolescentes e seus familiares em situação de vulnerabilidade social, tendo como missão promover o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, bem como o desenvolvimento da autonomia e o protagonismo para o exercício da cidadania. Desde então, mais de 1.600 crianças e adolescentes foram atendidos e, em média, 8 mil familiares receberam, direta e indiretamente, atendimento e orientação.

O COSC tem em seu painel do ano, o Sarau do COSC, com as apresentações artísticas das turmas de dança, capoeira, música e teatro; a Festa Junina, que é a atividade intergeracional; e o COSC Aberto, com apresentações dos educandos para a comunidade. Também atende com a Oficina de Vivências e Saberes, de Dança, de Grafitii, de Hip-Hop, de Teatro e de Capoeira.