Uma cidade que encanta ...

CONSERVATÓRIO DE TATUÍ OFERECERÁ AUXÍLIO-MORADIA A PARTIR DE 2024; ANÚNCIO FOI FEITO PELA SECRETÁRIA DE CULTURA DO ESTADO

Tatuí recebeu, na tarde desta sexta-feira (27/10), a visita da secretária de Cultura, Economia e Indústria Criativas do Governo do Estado de São Paulo, Marília Marton, e de sua equipe. Ela esteve no Paço Municipal para anunciar um novo auxílio para os alunos do Conservatório de Tatuí, uma instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Sustenidos Organização Social de Cultura.

A partir de janeiro de 2024, os alunos que não têm condições financeiras de se manterem na cidade receberão uma bolsa moradia. “Entendemos que a bolsa moradia trará maior independência, liberdade e autonomia para todos os alunos, garantindo que eles tenham acesso a uma moradia de qualidade. Além disso, estarão localizados na região central da cidade, mais próximos às unidades onde realizam seus estudos e atividades, facilitando não só a mobilidade deles, mas fazendo com que estudem mais e se dediquem mais à música”, explicou a secretária Marília.

Presentes neste encontro estavam o prefeito Miguel Lopes Cardoso Júnior, o secretário municipal de Esporte, Cultura, Turismo e Lazer, Douglas Dalmatti Alves Lima (Buko), e o diretor municipal de Cultura, Rogério Vianna. “Tenho certeza que esse auxílio-moradia será um avanço muito grande para esses alunos. Eles vão poder escolher o melhor lugar para alugar sua casa, se cotizar, gerenciar o seu dinheiro; e essa busca da autonomia faz parte do crescimento deles também. E o melhor: morar perto do Conservatório e se concentrar em seus estudos”, comentou o prefeito Miguel.

A Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado informou que a bolsa moradia será oferecida no valor de R$450,00 mensais. De acordo com eles, foram realizadas pesquisas que confirmam que este valor será suficiente para pagar a permanência em repúblicas ou alugar casas de forma compartilhada com outras pessoas.

Esta bolsa inédita poderá ser acrescida das bolsas já existentes no Conservatório de Tatuí: Performance, Auxílio e Ofício. Assim, a Secretaria acredita que estará contribuindo de forma mais eficiente para a autonomia das pessoas beneficiadas, que terão a opção de se organizar para morar em repúblicas mais próximas ao local de estudo.

Ao término da reunião, a secretária Marília Marton informou que está em elaboração um plano de novas ações relacionadas ao Conservatório que, aos poucos, deverão ser anunciadas e implementadas. Com relação ao processo seletivo para definir os alunos elegíveis à bolsa moradia, a Secretaria de Cultura, Economia e Indústria Criativas do Governo do Estado de São Paulo afirma já estar sendo organizado e, em breve, será divulgado pelo Conservatório de Tatuí.