Uma cidade que encanta ...

CONDEPHAT E PREFEITURA FAZEM REUNIÃO COM CONCESSIONÁRIA SOBRE CONSERVAÇÃO DO PRÉDIO DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA

Na última quinta-feira (31/8), no Paço, o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Artístico de Tatuí – CONDEPHAT e a Prefeitura de Tatuí realizaram, de forma híbrida (presencial e on-line), uma reunião com a Concessionária Rumo Malha Sul para reforçar o pedido de cessão do prédio da Estação Ferroviária, bem como para cobrar medidas de conservação do local.

Estiveram presencialmente na reunião os secretários Gustavo Duarte Elias de Almeida (Administração e Negócios Jurídicos), Douglas Dalmatti Alves Lima (Esporte, Cultura, Turismo e Lazer) e Miguel Angelo de Campos (Segurança Pública e Mobilidade Urbana); o vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Antônio Marcos de Abreu; o presidente do CONDEPHAT, Antônio Celso Fiúza Júnior; a diretora do Departamento Jurídico da Prefeitura de Tatuí, Letícia Medeiros; e o turismólogo da Prefeitura, Jean Vinicios Sebastião. De forma on-line, participaram, direto de Curitiba, o coordenador de Relações Institucionais e Governamentais da Concessionária Rumo Malha Sul, Marcelo Arthur Fiedler, e a equipe técnica da concessionária; e de São Paulo, o chefe do Núcleo de Apoio Ferroviário de São Paulo (NAF), do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), Arnaldo Bernardo.

Na ocasião, foi apresentado aos responsáveis pelas áreas e prédios da União a situação preocupante em relação a antiga Estação Ferroviária de Tatuí, que está abandonada há muitos anos, acumulando sujeira e mato alto, e sendo invadida diariamente por pessoas para utilização indevida.

De acordo com os representantes da Prefeitura e do CONDEPHAT, essa situação de abandono está causando problemas de saúde aos moradores próximos, pois há sinais de infestação de ratos e outros animais nocivos. Tal abandono também compromete a segurança de todos, sendo necessárias rondas diárias da Guarda Civil Municipal de Tatuí (GCM) para minimizar o problema. No entanto, segundo eles, o prédio é de responsabilidade exclusiva da Concessionária Rumo Malha Sul.

O CONDEPHAT de Tatuí alertou que o prédio da Estação Ferroviária do município possui um valor histórico significativo, fato esse que o Colegiado do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDEPHAAT) instaurou um processo de tombamento visando sua proteção e que, além da possível depredação pela vulnerabilidade do prédio, por não existir vigilância e pela falta de manutenção, foram realizadas intervenções pela Concessionária no prédio sem a devida autorização do referido órgão estadual, conforme determina a legislação vigente.

Também foi lembrado aos representantes da Rumo Malha Sul que há anos as autoridades políticas envidam esforços junto aos responsáveis para conseguir a cessão de uso do prédio histórico da Estação Ferroviária, com o intuito de implantar atividades culturais e realizar eventos que desenvolvam o turismo do município.

O CONDEPHAT e a Prefeitura aproveitaram a reunião para ressaltar que o prefeito de Tatuí, Miguel Lopes Cardoso Júnior, reiterou a solicitação de cessão do imóvel da Estação Ferroviária por meio do Ofício n° 516/SANJ/23, entregue pelo vereador Antônio Marcos de Abreu em reunião na sede do DNIT, no mês de maio deste ano, para o superintendente regional do DNIT em São Paulo, Peterson Ruam Aiello do Couto Ramos.

Por sua vez, a Concessionária Rumo Malha Sul afirmou que analisará junto aos seus Departamentos responsáveis os pedidos refeitos pelo município.