Uma cidade que encanta ...

ATIVIDADES EDUCATIVAS QUE VALORIZAM AS TRADIÇÕES CARNAVALESCAS DE TATUÍ SÃO OFERECIDAS PELO MUSEU “PAULO SETÚBAL”

No período de 1º a 13 de fevereiro, o Museu Histórico “Paulo Setúbal”, da Prefeitura de Tatuí, promoverá o Projeto Educativo “Carnaval – Tradição de Tatuí”, com o intuito de valorizar e proporcionar conhecimento sobre os antigos carnavais da Capital da Música. Para tanto, serão oferecidas atividades educativas gratuitas de terça-feira a domingo, das 9h às 17h, e, também, especialmente na segunda-feira de Carnaval (12/2), no mesmo horário.

O público poderá apreciar fotos do acervo do Museu; figuras carnavalescas, entre elas, Pierrô e Colombina; além de máscaras de papelão, serpentinas e confete. O destaque será uma maquete do Cordão dos Bichos Mirim, que terá em sua composição 15 fotos e 2 animais, com o propósito de apresentar a técnica de papietagem.

O Museu Histórico “Paulo Setúbal” está situado na Praça Manoel Guedes, n° 98, Centro. Vale ressaltar que nos dias 14 e 15 de fevereiro (quarta e quinta-feira), o local estará fechado para higienização do acervo. Mais informações podem ser obtidas pelos e-mails educativo.paulosetubal@gmail.com ou museupaulosetubal@gmail.com.

REPRESENTATIVIDADE CULTURAL

Tatuí é um município rico em cultura, memórias, histórias e tradições de Carnaval. A maioria das pessoas que aqui vivia, gostava de se fantasiar e ir aos bailes.

Nos anos de 1920, os carros alegóricos começaram a circular pelas ruas da cidade. Em 1928, foi criado o Cordão dos Bichos, bloco onde os foliões se vestem de animais e que existe até hoje; uma tradição e patrimônio cultural do folclore tatuiano. Na década de 1950, os carros alegóricos passaram a ser mais elaborados. Já nos anos 1960, o Bloco da Saudade fez muito sucesso e em 1970 foi a vez do Bloco Banda Bandida, além do início das escolas de samba.

Em 1979 ocorreu a primeira edição do Baile Vermelho & Preto, que já conta com quatro décadas de tradição no Carnaval tatuiano e foi criado especialmente para o Clube XI de Agosto, com as cores da associação. Desde então, o baile foi acompanhando os anos, já teve edições no Bar Bangalô e voltou para o Clube XI de Agosto.

O Cordão dos Bichos Mirim, da EMEI “Joaquim da Silva Campos”, situada no bairro Valinho e pertencente a Rede Municipal de Ensino da Prefeitura de Tatuí, surgiu no mês de agosto de 2010. Inspirado no tradicional bloco carnavalesco de Tatuí (Cordão dos Bichos), o Cordão dos Bichos Mirim foi idealizado pela professora Maria Elisa Machado, com apoio de Ana Paula Andrade, que, na época, era diretora desta unidade escolar. Atualmente, a diretora Rita de Cássia Braz Silva e sua equipe são responsáveis pela continuidade deste projeto que resgata a cultura tatuiana, a tradição e o folclore.